Elon Musk lançará 60 satélites de internet ao espaço na quarta-feira

Chamado de "Startlink", projeto da SpaceX prevê a formação de constelação de satélites na órbita da Terra para fornecer internet a todo o mundo

Por: Tainá Freitas - StartSe

Elon Musk anunciou o lançamento de 60 satélites de internet ao espaço nesta quarta-feira (15). O lançamento faz parte do projeto “Starlink” da SpaceX, sua empresa de exploração espacial. O objetivo é de levar internet de boa qualidade para todo o mundo.

O empreendedor publicou uma foto no Twitter de como os satélites estão alocados no Falcon 9, foguete da companhia. A expectativa é que os satélites permaneçam como “constelações” na órbita da Terra, fornecendo conexão de internet. A Comissão Federal de Comunicação dos Estados Unidos deu permissão para que Musk lance dois grupos de satélites – um com 4.409 unidades e o segundo com 7.518 satélites.

O lançamento de 60 satélites corresponde a uma fase inicial do projeto e o próprio Musk afirma que “muito pode provavelmente dar errado na primeira missão”. Ele está planejando mais 6 lançamentos de 60 satélites cada para atingir uma rede de conexão mínima. Além disso, são esperados alguns lançamentos para moderar como a cobertura está sendo realizada.

Em fevereiro de 2018, a SpaceX lançou dois satélites de teste para o espaço, chamados de “TinTin A e TinTinB”. No entanto, os satélites para a missão prevista para quarta-feira terão o design diferente dos anteriores. Mais informações sobre o lançamento serão fornecidas na data, segundo Musk.

O presidente-executivo da SpaceX está seguindo um cronograma informado ainda no ano passado. Em outubro, ele anunciou que planejava fazer o primeiro lançamento até junho de 2019. Além de uma possibilidade de trazer acesso à internet de qualidade para todo o mundo, o projeto pode ser utilizado para financiar os gastos da SpaceX com a exploração espacial e o desejo de colonizar Marte.

Um mercado competitivo

 

Além da SpaceX, empresas de grande porte também estão apostando na mesma iniciativa. No mês passado, Jeff Bezos anunciou o desejo de lançar 3 mil satélites ao espaço para garantir o acesso mundial à internet. A iniciativa é chamada de “Project Kuiper”. Surpreendentemente, o projeto pertence à Amazon e não à Blue Origin, empresa de Bezos focada em exploração espacial.

Em 2016, o Facebook também possuía essa ambição com o projeto “internet.org” (ou Free Basics). A SpaceX seria a responsável por lançar os satélites, mas um foguete explodiu durante os testes. Não há informações sobre o andamento deste projeto. Agora, a rede social está tocando o projeto de garantir internet em áreas de difícil acesso através de parcerias com operadoras de telefonia e satélites.

Este mercado é novo, mas competitivo: além das empresas já citadas, a OneWeb e Telesat também estão nessa corrida. A OneWeb realizou seu primeiro lançamento, com seis satélites, no dia 27 de fevereiro e foi um sucesso.

Disponível em: https://www.startse.com/noticia/nova-economia/64417/elon-musk-lancara-60-satelites-de-internet-ao-espaco-na-quarta-feira Acesso em: 13 Maio 2019

 

Veja Também

Ajudar sua equipe a obter sentido de propósito no trabalho

Ninguém quer ser um robô o dia inteiro no trabalho. As pessoas desejam se sentir inspiradas, encontrar...

Inteligência artificial confirma teoria de que Shakespeare teve um coautor

Em 1850, pesquisador afirmou que peça “Henrique VIII” teria sido escrita em parceria com John Fletcher...

6 dicas para potencializar o rendimento em reuniões

Agendar uma reunião presencial pode não ser a melhor opção

Peça o seu Orçamento

Nossa equipe esta esperando pelo seu contato......

Clique Aqui